quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

As turmas do 8º I e 7º I descobriram o mundo maravilhoso da literatura

Enquanto que os alunos de 8º ano descobriram como surgiu  o livro "A abóboda" os alunos de 7º I descobriram a Lenda do Castelo de Faria.
Sendo estas duas obras, que  fazem parte do conjunto de obras de Educação Literária, o mote para a criação de novos elos de leitura, viajamos pelas palavras de Alexandre Herculano.
Mas a viagem chegou até aos dias de hoje e descobrimos que existem perigos nas nossas ações, quando muitas vezes abordamos incorretamente os Media.
Foi então proposto a cada turma que desse 7 dicas de comportamentos adequados a utilizar quando da utilização dos tablets, computadores e telemóveis.
Os resultados já se podem observar no placard da nossa biblioteca, o qual ganha vida com as propostas dos nossos alunos.
Agradeço aos professores que acompanharam as turmas pela forma como os incentivam sobre o conhecimento de antigos vestígios e novos passos nas redes sociais.

No jornal de parede podemos encontrar informações sobre a utilização segura dos Media.

Escrevemos as nossa prepostas após o debate de ideias.

Visitamos o site Seguranet.

As turmas do 6º I e 6º H estiveram na biblioteca a partilhar a mais bela história de Celorico e a debater a utilização segura da Internet

7 dias , 7 dicas sobre os media foi o mote para a realização de um trabalho de turma.
Os alunos partilharam as suas ideias e visitaram o site da seguranet.
Aqui partilhamos algumas fotos dos momentos.
Após debate de ideias e leitura de informação no site Seguranet fomos...

A jogar, aprender os conceitos debatidos.

Até o professor nos apoio nas novas descobertas.
A mais bela história de Celorico levou-nos a viajar pelo passado.
Foi no horário de AE que decorreram as atividades acima mencionadas.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Falar e escrever afetos... mais um poema de um aluno da nossa escola



 Resultado de imagem para coração apaixonado

Coração
Um coração escuro
É uma folha em branco,
Que está rasgando
Pouco a pouco por um canto.

Num momento,
Sem amor, sem alegria
Há uma esperança que se ergue todo o dia.

Foi um amor cortado
Pela espada da escuridão
Que separou depois amores
Partindo-lhes o coração.

Sua, a amada
Com o coração partido assim ficou
A perguntar-se: “ porquê a mim?”
A resposta esperou
Um, dois…
Até que Deus a entregou.

Jorge Lobo Seixas   nº 11  8º J

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

O Amor é Assim (HMB Carminho) | The Unlimited



Um projeto a seguir!

Vivendo afetos. o poema do dia é... denominado "Sentimentos" e foi escrito por um aluno da nossa Escola



Sentimento é...


A dor é algo ainda não experimentei
verdadeiramente…
Mas conheço quem a já sentiu.
E sente!
Sei que é doloroso…
Disseram-me.
Vejo a doença que abraçou a minha mãe
Não a quero sentir avançar!
Tenho medo de a perder!
Ela é um bem que não posso perder!
Digo e escrevo:
“Amo-te e sempre te amarei!
És maravilhosa.
Sei que passaste por muitas situações difíceis
Sei que a vida não é justa.
Ainda bem que fazes parte da minha vida,
Sem ti não sou nada!
És tu que me ensinas a ser…
A ser boa pessoa.
A ser quem hoje sou.
És a melhor mãe,
És a minha mãe!
O colo onde me aqueço
E me esqueço
Como a doença é terrível.
Vamos vencer.
Amo-te mãe”. – este é o meu sentimento.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Vivendo afetos: o poema do dia é...



 Resultado de imagem para dia dos namorados

Alegria sem fim

A alegria para mim
É tudo o que há no mundo:
Comer e partilhar
 Colher e dar.
Um lápis gastar
Uma brincadeira ao conversar
É estar num bom caminho
É deixar alguém ganhar
Para, assim se alegrar.

Para haver alegria
É preciso, por vezes perder
Para depois se ganhar
Depois se colher
E, voltar a alegrar.
Mas, por vezes nem tudo é alegria
Porquê?
Precisamos de outras palavras
Que nos ajudem a conquistar
O mundo.
Os corações.
Para que de novo vivamos em harmonia!

Márcio Pinto, 6º H

Ainda no âmbito das comemorações dos afetos, os alunos do 6º H estão a elaborar pinturas cujo tema é...

... "Quem vê caras não vê corações"
Temos artista!

O nosso empenho é enorme!
Temos que recriar e sonhar.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Digamos que... na nossa escola o amor já está no ar!!!!

Na biblioteca e nos vários espaços escolares o amor é lembrado!
o Cúpido andou por aí.

O Romance de Pedro e Inês



Uma das maiores histórias de amor!

Feliz dia dos namorados (Dia do AMOR)


De modo a celebrarmos o Dia partilhamos dois poemas escritos por alunos nossos.
O primeiro poema  que foi escrito por uma aluna de 8º ano, Jéssica Costa.

Como uma sombra no escuro...

Tal e qual uma sombra no escuro
vi-te pela primeira vez
Eras tão lindo e tão puro
Fizeste-me sonhar outra vez.
Teu cabelo cor da noite
E os olhos cor do mar
Relembraram-me de novo
Que podia voltar a amar.

Choraras por alguém distante
Que te teria deixado
Na tristeza errante
porque não te tinha amado.

Então, eu cheguei
Nesse instante olhei
Uma lágrima a rolar
Nesse teu tão triste olhar.


 





Alegria

A alegria é tão bonita
Quando a sabemos partilhar
A alegria é a única coisa
Em que acredito
É tudo o que tenho na vida
É o que me dá força de viver
É, por vezes, fantasia,
No ar!
É pura magia.
É amor!


Francisco Sampaio     6º ano

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Os alunos de 3º ciclo, em apoio ao estudo frequentaram o espaço biblioteca escolar.

Parabéns às docentes por utilizarem diferentes técnicas e estratégias para motivarem os alunos.
As professoras acompanham os alunos nas suas pesquisas.

O jornal de parede está colorido com os trabalhos elaborados pelos alunos. Da poesia às mascarilhas....


Vamos consultar o dicionário?

Na escola da Mota o espiríto de Carnaval esteve patente através da dinamização de uma exposição especial!




Vejamos como agora já seremos capazes de ver muito melhor!!!!
A união faz a força e o trabalho árduo dá maravilhosos resultados.

Alguns óculos também invadiram o espaço biblioteca escolar.

Os nossos alunos gostam de escrever poesia.


O AMOR

O Amor é um sentimento

Que não escolhe a idade,

Mas quem sabe o que é o amor

Tem coração de verdade.


Amor escuro e frio

É uma verdadeira falsidade,

Quem brinca com ele

É um demónio sem piedade.


O amor, por vezes,

É um sentimento doloroso,

Mas se é verdadeiro

É puro e grandioso.


Tal como o destino

O amor é triste ou feliz

Mas se é realmente amor,

Por ser verdadeiro, nunca trará dor.


O amor é bonito,

Mas se és novo, vais vivê-lo.

E aí verás o quanto é mágico e te faz mudar!



Ricardo José Lopes Pereira, nº 12 7º H

Tráfico em África
É incrível nos filmes ver
Tanta realidade e imaginação
Este tráfico de diamantes
Por pessoas sem coração.
Em muitos países
Crianças trabalham a valer
Trabalham afincadamente
Para nada receber.
Os traficantes não pensam
Naquilo que estão a fazer
Mas o bem sempre vence
E eles nem sabem onde se irão meter.
Em breve chegará o dia!
Homens fortes irão lutar
Contra tudo e contra todos
E os escravos libertar.
Mas enquanto esse dia não chega
Apenas consigo imaginar
Que um dia destes
O tráfico irá acabar.
Autor:
Cristiano André Gonçalves Andrade. 9º ano turma G

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016